Terça, 25 de Janeiro de 2022
23°

Pancada de chuva

Itacoatiara - AM

Geral Amazonas

Reeducandos do presídio de Itacoatiara participam de formatura de conclusão de curso

27/12/2021 às 16h20
Por: Portal R5 Fonte: Secom Amazonas
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Amazonas
Foto: Reprodução/Secom Amazonas

Aulas são promovidas por meio do programa Conhecimento que Liberta, coordenado pela Seap

Três reeducandos da Unidade Prisional de Itacoatiara (UPI) participaram da formatura de conclusão do ensino médio, na modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA). A cerimônia ocorreu na manhã desta segunda-feira (27/12), na unidade, com a presença de integrantes da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), membros do judiciário e familiares dos apenados.

O acesso à educação faz parte do programa de ressocialização Conhecimento que Liberta.

Segundo o secretário titular da Seap, coronel Paulo César Gomes, o objetivo do programa é esse, reinserir o apenado na sociedade, mas possuindo conhecimentos para ingressar no mercado de trabalho. Para ele, a conclusão do ensino regular é uma conquista e um caminho a ser seguido rumo à ressocialização.

“Fico feliz por esses reeducandos que concluíram o Ensino Médio regular. Agora, eles já podem iniciar sua caminhada rumo ao ensino superior, que hoje é ofertado dentro do sistema prisional via ensino a distância”, afirmou.

Em seu discurso, o diretor da UPI, Antônio Cordeiro, disse que é gratificante participar desse momento e perceber que os apenados aproveitaram a oportunidade para estudar.

“Essa formatura representa um passo importante na vida deles, que agora, com esse diploma, poderão ter mais oportunidade de emprego ao retornarem para a sociedade após concluírem sua pena”, disse.

Em lágrimas, durante a cerimônia, o interno Lucas (nome fictício) agradeceu o trabalho desempenhado pela Seap. “fico muito feliz que esse momento chegou e agradeço a todos que confiaram em nós. Não foi fácil, mas conseguimos com ajuda de todos os colaboradores e professores da unidade prisional”, disse.

Remição pelo estudo – Os detentos garantem remição de pena pelo estudo prevista na Lei de Execução Penal (LEP), Lei nº 7.210, que resulta em um dia a menos de suas penas a cada 12 horas de estudo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias