Sábado, 25 de Junho de 2022
28°

Poucas nuvens

Itacoatiara - AM

Polícia LATROCINIO

Comerciante é morto com tiro na cabeça em frente de filho de 13 anos - Portal R5

O empresário foi vítima de latrocínio e o filho presenciou a cena brutal

17/01/2022 às 07h36
Por: Portal R5 Brasil Fonte: Portal em tempo
Compartilhe:
Foto/produção
Foto/produção

O comerciante Luiz Ferraz, de 57 anos, morreu na manhã deste domingo (16), em Manaus, após ser ter sido vítima de um latrocínio, em Itacoatiara (a 268 km de Manaus). O empresário levou um tiro na cabeça durante um assalto em sua residência, localizada no ramal 6 de Janeiro. O filho de 13 anos presenciou todo o crime. 

Conforme o Relatório do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), a filha de Luiz, informou em Boletim de Ocorrência (BO), que ele era dono de um comércio e tinha acabado de chegar voltar para o município, pois tinha ido até Manaus fazer compras para seu mercadinho. 

O comerciante, então foi surpreendido por cinco criminosos que invadiram a residência da vítima, que era em um anexo ao comércio. A vítima  e o filho de 13 anos, que também estava no local, foram rendidos pelos grupo. 

Em dado momento, um dos criminosos disparou um tiro na cabeça de Luiz. Após o disparo, o grupo levou R$13 mil em espécie, documentos e celulares, e fugiram sem serem identificados. 

"

Após seu retorno, foi rendido por cinco indivíduos não identificados que estavam armados, sendo atingido por disparos de arma de fogo, na região da cabeça e não resistiu. Informou também, que da vítima fora levados telefones, documentos e R$ 13 mil em espécie."

 

Após os criminosos saírem do local, o filho alertou os vizinhos que acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). No entanto, com a demora do atendimento, usaram uma ambulância que estava no local e levaram a vítima até o município de Rio Preto da Eva para atendimento, onde foi intubado e  conduzido para o Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, em Manaus, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na manhã deste domingo. 

É possível que os criminosos já tinham conhecimento da rotina de Luiz e que ele guardava dinheiro em casa. 

A Polícia Civil irá investigar o caso para encontrar os responsáveis pelo latrocínio. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias